Seguidores

Aqui tudo é construindo com muita Poesia!!!

OBRIGADA.



Photobucket




domingo, 7 de junho de 2009

Somos Livres....


Somo Livres a partir do momento que aceitamos.
A medida que vamos crescendo, pecebemos que a vida é muito bela.
Mas os seres que a compõe essa vida, são diversificados...


Quem dera ser o Homem como os animais irracionais: pois os mesmos se amam,

se respeitam, e só lutam pela sua sobreviência.
Eles estão sempre unidos.
Há uma diferença de cor e raça.
Assim como existe, no Homem.
Mas, nem por isso, os animais, são levados pela mesquinhez sovina, como os homens.

Quem dera ser o Homem um jardim.

As flores como sabemos, são diferentes na sua espécie e cor.
Mas, nem por isso deixam de colorir e perfumar...
Exalam seus perfumes longe.
Com um aroma suave e doce das noites de primavera.
Por que será que os não Homens são assim?
Por que não espalham calor, ao invés da dor, da injustiça, o odio, a descrença, a destruição?

Quem dera ser o Homem como os pássaros: unidos e livres, assim vomo os Gansos.

Os pássaros são diferentes na sua cor e raça.
Mas nem por isso, deixam de cantar e voar,
livres pelos quatro cantos do mundo.
Enquanto o homem vive preso pela sua consciência.
Não trás cantigas em seus lábios,
Nem tão pouco, leva uma frase de amor e paz aos pequeninos seus.

Quem dera ser o Homem com as árvores, que levam pureza e beleza ao ser vivo.
O homem no seu universo, só polui o seu próprio ar.
Congestiona olhos e corações.

Quem dera ser o Homem livre, puro, justo, ser principalmente Homem.
Só assim este planeta não estária tão conturbado, cheios de hipocritas desumanos.
Não haveria violência, nem injustiças.
Hsveria sim, muito amor, muito mais vidas e menos mortes.
Haveria mais integridade, menos interesse.
Haveria sim, um mundo mais feliz e justo!
As pessoas poderiam amar seguras em qualquer momento,
Sem medo de serem atacadas por outros seres da mesma espécie humana.
Por que não começar a mudar?
Por que não destruimos esses fantoches que estão por ai espalhando seus venenos,
suas maldições, sendo chupins de uma grande verdade?
Espelham o terrorismo, a descrença.
Não podemos deixar que os malfeitores castrem os corações puros,
pois assim, não haverá mais luz.
E todos os olhos se fecharam para a bondade e o amor morrerá.
Não podemos deixar que os desajustados, espalhem malícias e condenem nossas cabeças.
É preciso que usamos a arma do amor e os derrotamos.
Só assim, o mundo começará a ser mais dignos de ser vivido...
A esperança voltara a renascer, e a paz existirá...
(Autoria: Sandra Andrade.)

5 comentários:

Blue disse...

Somos livres!

Que lindo texto encontro aqui neste belo domingo, apesar do frio de outonbo onde moro.

Somos livres, e dizem que somos racionais! Quem dera o Homem viver apenas para o bem de seus semelhantes e de bem com toda a natureza que nos cerca.

Mas enfim, viver é bom, que façamos cada um a sua parte4, parte um mundo melhor.

Beijos e parabéns pelo belo artigo.

Poesia do Bem disse...

Olá vim te conhecer! obrigada por me ad aqui e fiquei feliz! seu blog é muito lindo, passei tbm no Curiosa, mas não comentei, aos poucos venho ver mais diariamente sim? se puder me ajude tbm votando na minha filha Alice lá no poesia do Bem tem o link.abraços e parabéns por tão lindos versos.
ps Como vc adiciona estas imagens aqui ao lador das flores? Sou iniciante e já tentei mas não consegui.

Sandra disse...

Bleu!
Que bom que vc. gostou.
De repente eu estva sentada, curtindo um solzinho e me deu vontade que escrever este poema.
Sandra

Sandra disse...

Poesia do Bem!
Que bom que vc. veio. Fiquei feliz.
Sandra

Sandra disse...

Blue!
Sinal de Liberdade, foi o meu livro já editado. Simples, mas rela, um sonho.
Quem derá o Homem ser livre e voar na sua liberdade.
Bjs.
Sandra